quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Pega ou não pega?


Se não quer o meu amor, não me pega!
Não me pega, se não quer o meu amor!
Pega ou não pega!

3 comentários:

Efeito Caos disse...

Esses dias estava sentado observando o tempo e esperando um acontecimento, era noite. E vi algumas crianças correndo, sorrindo, estavam brincando. E daquela vez era de pega-pega.
Por um momento senti inveja de um 'amor inocente', eram crianças. Desisti de olhar, o que eu estava esperando chegou e eu virei as costas.

Passei o resto daquela noite conversando com adultos e observando o pega-pega das desgraças do amor maduro. Deu minha hora, precisei dormir... Naquela noite lembro que não sonhei.
Mas é certo que prefiro o tato.

Um abraço, fique bem.

Anônimo disse...

"Se queres o meu amor, não me largues;
Ou, me pegue, se não me quiseres ter."

(Brincando com texto alheio sem permissão, eu.)

Bonito texto. Intuitivo e misterioso ao mesmo tempo.

Mikael Monteiro.

AURILENE disse...

Muito boa brincadeira!!!

" Me largues, se não queres o meu amor; e nem me pegue se não quiseres ter. Deseje, só deseje me pegar"

Obg Mks!

Sim, o amor dos maduros, é um pega-pega, que as vezes chega a desgraça.

Obg Marcos!