quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Contraditado

E quando se vê, já é noite, e quando menos se espera é dia, é uma dor, é uma agonia.
E quando se vê, já é dia, e quando menos se espera é noite, é um alívio é uma alegria.
Chorar, sorrir.
Sorrir, chorar.
Vida, rotina.
Rotina, vida.

3 comentários:

sambatucada disse...

não há como fugir Lene, nem da vida, nem da rotina! Lindo!

Leuzia disse...

" e a gente vai levando.." Lindoooooo

karisia disse...

a sina da vida! lindo